Domingo, 17 de Outubro de 2021

Eleições representam “uma vitória para viticultores”

PCP acredita que o processo eleitoral vai permitir a participação de um grande número de viticultores, trazendo maior equilíbrio entre a produção e o comércio.

-PUB-

A publicação da portaria 53-A/2020, que aconteceu no final de fevereiro, representa uma “vitória para os viticultores durienses”. Foi desta forma que o PCP reagiu à marcação das eleições para o Conselho Geral e para a direção da Casa do Douro (CD).   

Numa conferência de imprensa que reuniu as organizações regionais do PCP de Bragança, Guarda, Vila Real e Viseu, o dirigente Filipe Costa revelou que a solução encontrada na Assembleia da República “é a que assegura um estatuto reforçado de uma estrutura representativa de todos os vitivinicultores”, uma vez que “permite a sua participação na propriedade e gestão da Casa do Douro”.  

Filipe Costa frisou que o PCP “se orgulha” de ter contribuído decisivamente

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.