Sexta-feira, 25 de Junho de 2021

Envenenamento de cinco cães revolta população

Em apenas quatro dias, cinco cães foram envenenados na aldeia de Fontelo, na freguesia de Abaças.

-PUB-

Inconformados, os populares disseram não entender como é possível “alguém fazer mal a uns animais tão meigos e companheiros como estes”. Manuel Vigário, proprietário do café da aldeia, contou que “não tinham dono, mas todos nós lhes dávamos comida. Eles andavam pela aldeia, reconheciam as pessoas e nunca houve problemas”.

Ao falar sobre os animais, Manuel Vigário recordou o “Fofinho”, que morreu no domingo, no pátio em frente ao seu estabelecimento. “Era um cão espetacular. Criámo-lo desde pequeno e quando via alguém na rua acompanhava-a até casa”. “Tudo isto foi muito triste e abalou a aldeia em geral. É invulgar falar assim de animais, mas o sentimento que tínhamos por aquele era mesmo forte”.

Outros elementos da

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.