Segunda-feira, 16 de Maio de 2022

Escalada de preços deixa empresas em maus lençóis

Depois de dois anos a “lutar” contra uma pandemia, a guerra na Ucrânia trouxe um aumento de preços em todos os setores. As empresas fazem contas à vida porque além da falta de matéria-prima, a que existe está muito mais cara e chega a conta gotas, reduzindo a margem de lucro, dia após dia. A VTM foi ouvir o testemunho de alguns empresários de Vila Real e Chaves.

CHAVES

Na zona industrial de Chaves os aumentos obrigaram a cortes, poupança e reajustes, essencialmente, no preço aplicado ao consumidor final. Ainda que a pandemia e o conflito na Ucrânia não tenham obrigado a cortes no pessoal, os empresários flavienses preveem um ano difícil.

António Borges, general manager na empresa CARINA – Produtos Alimentares Lda., explica que os aumentos “mexeram com tudo.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.