Domingo, 17 de Outubro de 2021

Espaço Miguel Torga recebeu mais de 99 mil visitantes online

O sítio oficial na internet do Espaço Miguel Torga (EMT) foi visitado no ano de 2019 por 99 300 pessoas, número que corresponde a um aumento de 57,3% relativamente ao ano de 2018.

-PUB-

Inaugurado em junho de 2016, o site conta com um total de mais de 240 mil visualizações, sendo o ano 2019 o melhor ano de sempre.

Em comunicado, a autarquia, que gere o espaço museológico, salienta que estes números “são reflexo do desenvolvimento das estratégias de comunicação desenvolvidas”, de forma a oferecer aos visitantes “mais e melhor informação”.

Neste sentido, conseguiu uma disseminação positiva assente na premissa de que todos tenham acesso a toda a informação partilhada pelo Espaço Miguel Torga, quer ao nível da vida e obra de Miguel Torga, que ao nível das notícias, eventos, fotografia, vídeo, informações gerais e outras que o EMT disponibiliza.

Para além do site, o EMT está também presente em várias redes sociais, como o Facebook, Twitter e recentemente o Instagram, onde está a desenvolver a sua estratégia de comunicação de forma segmentada e com linguagens próprias, de forma a chegar ao maior número de pessoas, em todas as faixas etárias e todos os pontos do mundo falado em português.

O Espaço Miguel Torga, situado em São Martinho de Anta e projetado por Eduardo Souto de Moura, abriu as portas ao público em outubro de 2014 e divulga e estuda a obra poética e literária de Miguel Torga.

É através de eventos culturais, a nível da literatura, poesia, pintura, música, e outras, que dá ênfase a este tão grande nome a nível internacional.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.