Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

Estrada do Alvão finalmente inaugurada

População vê a via como “uma grande ajuda” nas deslocações para a capital de distrito. Sinalização que indica condicionamento do trânsito já não está no local

-PUB-

“É uma estrada que fez e faz muita falta”, defendeu um dos populares que fez questão de, no dia 29, testemunhar a inauguração da estrada que liga as aldeias de Lamas de Ôlo (Vila Real) e Barreiro (Mondim de Basto), um obra desejada há duas décadas pelas populações locais.

A entrada em funcionamento da via, num total de 800 metros, localizada em pleno Parque Natural do Alvão, poupa 13 quilómetros na ligação entre os habitantes das duas localidades, mas mereceu uma forte contestação por parte dos ambientalistas, que chegaram mesmo a recorrer aos tribunais para travar o projeto.

Orçada em 165 mil euros, “a obra era ansiada pela população”, recordou o presidente da Câmara Municipal de Vila Real, deixando uma palavra de agradecimento à Quercus, que mostrou abertura para, com a autarquia, encontrar uma solução que “permite salvaguardar as questões de âmbito ambiental e por outro lado servir as populações”. “Quando as vontades se juntam, quando há diálogo, julgo que é sempre possível encontrar soluções”, defendeu o autarca.

Também Humberto Cerqueira, presidente da Câmara de Mondim de Basto, congratulou-se pelo desfecho positivo, sublinhando que “há um conjunto de aldeias que são servidas por esta ligação, sobretudo no que diz respeito ao acesso aos serviços de saúde no distrito de Vila Real”.

Já João Branco do Núcleo de Vila Real da Quercus, voltou a frisar que a associação ambientalista “nunca defendeu a construção desta estrada, mas a partir do momento em que ela foi licenciada pelo Parque Natural do Alvão esta solução permitiu minimizar os impactos”.

A solução mencionada pelo ambientalista, e que permitiu que houvesse um acordo para a construção da via, prende-se com o condicionamento do trânsito à população local. “Uma coisa é uma estrada onde passam dezenas de carros por dia, outra coisa é uma estrada onde passam centenas ou milhares”.

A Associação Nacional de Conservação da Natureza defendia que a construção da estrada iria “agravar ainda mais a situação” do lobo ibérico, “espécie que está em iminente risco de desaparecer” daquela zona protegida. Alegando ainda que a nova via iria ter repercussões negativas no habitat da borboleta-azul e iria acabar com o último percurso pedestre entre Lamas de Olo e as Fisgas do Ermelo, a Quercus chegou a apresentar uma providência cautelar para impedir a sua construção.

Para Joaquim Costa Fraga, residente em Fervença, a estrada “dá uma grande ajuda” a todas as pessoas que quiserem chegar a Ermelo, por exemplo. Para o residente “quem quiser ir de Ermelo para Vila Real pode passar por aqui, tem o mesmo direito de passar por aqui”.

Fazendo o percurso para a capital de distrito “uma ou duas vezes por semana” para “ir às compras” ou tratar de “outros assuntos”, Joaquim Costa Fraga vai poupar quase dez quilómetros por viagem, passando de um percurso de 25 quilómetros para 17.

A estrada abriu com sinalização vertical que indicava o acesso permitido apenas para residente, mas a VTM sabe que a referida placa já foi retirada do local.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.