Segunda-feira, 4 de Julho de 2022

Estudo revela que concentração de radão é mais elevada em casas novas

UTAD e UC avaliaram o risco de exposição a este gás na região de Trás-os-Montes e Alto Douro em rochas, solos e habitações.

 

Um estudo na região de Trás-os-Montes e Alto Douro desenvolvido pela doutoranda Lisa Maria Martins e orientada pelos professores Elisa Preto Gomes (UTAD) e Alcides Pereira e Luís Figueiredo Neves (Universidade de Coimbra) mediu a presença de Radão na região de Trás-os-Montes.

O radão é um gás incolor, inodoro e insípido sendo “considerado um importante fator de risco para a saúde humana, também reconhecido pela Organização Mundial de Saúde como a segunda causa de cancro do pulmão na população depois do tabaco e a primeira para não fumadores”.

A área selecionada para este estudo radiológico abrangeu uma grande variedade de rochas que se distribuem pelos concelhos de Vila Real, Sabrosa, Vila Pouca de Aguiar, Ribeira de Pena,

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.