Sábado, 2 de Julho de 2022

Estudo sobre cicatrização óssea distinguido com o Prémio Pfizer de Investigação Clínica

Um importante estudo sobre cicatrização óssea, tendo por base a tíbia da ovelha, foi distinguido com o Prémio Pfizer de Investigação Clínica de 2007, entregue pela mão do Ministro da Saúde, António Correia de Campos, hoje (dia 9 de Outubro), no Salão Nobre da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. São autores do estudo […]

Um importante estudo sobre cicatrização óssea, tendo por base a tíbia da ovelha, foi distinguido com o Prémio Pfizer de Investigação Clínica de 2007, entregue pela mão do Ministro da Saúde, António Correia de Campos, hoje (dia 9 de Outubro), no Salão Nobre da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

São autores do estudo os investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Isabel Dias, Carlos Viegas e Jorge Azevedo, e os investigadores Paulo Lourenço, Emília Costa, Adriano Rodrigues e António Cabrita (da Universidade de Coimbra), António Ferreira (da Universidade Técnica de Lisboa) e Rui Reis (da Universidade do Minho).

O projecto de investigação galardoado foi realizado nestas Universidades e é apresentado como a “avaliação dos marcadores bioquímicos de formação óssea e suas correlações com os minerais séricos durante o processo de cicatrização óssea em osteotomias e defeitos ósseos de dimensão crítica ao nível da tíbia na ovelha como modelo experimental de investigação em ortopedia” e foi desenvolvido nas Universidades referidas.

Consideram os seus autores que os processos de atraso de união e de não união óssea constituem complicações reconhecidas do processo de cicatrização das fracturas dos ossos longos no organismo adulto, muito especialmente da tíbia no Homem. Se a determinação de alterações na concentração sérica de substâncias derivadas da actividade dos osteoblastos – as células do tecido ósseo, nomeadamente dos denominados marcadores bioquímicos de formação óssea, que ocorressem durante o processo de cicatrização óssea pudessem constituir um factor indicador do prognóstico, decisões precoces poderiam ser tomadas no sentido de evitar e tratar estas complicações.

Este estudo teve, assim, como objectivos a determinação e comparação do padrão serológico de alguns dos principais marcadores bioquímicos de formação óssea envolvidos na formação e no processo de mineralização do tecido ósseo, as actividades séricas da fosfatase alcalina total e óssea e da osteocalcina sérica intacta, assim como a determinação das suas correlações com os minerais séricos nas fases iniciais do normal e deficiente processo de cicatrização de uma fractura óssea.

Constatou-se a ocorrência de variações significativas durante o processo de cicatrização óssea nos marcadores de formação óssea em estudo, e no cálcio e fósforo, entre os grupos em estudo sendo que, apesar de por si só, estas variações não terem permitido diferenciar entre a evolução de uma fractura óssea no sentido da sua cicatrização ou no sentido de um processo de não união, os resultados obtidos foram bastante promissores. Deverão, assim, ser realizadas investigações posteriores para determinar se as alterações verificadas neste estudo constituem respostas orgânicas específicas ao nível do local da fractura óssea, em conformidade com as células presentes e os tecidos formados a este nível e ao longo das várias fases de evolução do processo de cicatrização óssea.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.