Domingo, 1 de Agosto de 2021

“Eu corro contra a violência doméstica”

João Félix tem 50 anos e sendo amante do desporto alia as suas aventuras a mensagens de sensibilização. A 15 de julho partiu de Faro e, pela Estrada Nacional 2 (EN2), correu o país contra a violência doméstica. 

-PUB-

Quis superar-se e desafiar-se como atleta, homenagear os profissionais de saúde e acima de tudo sensibilizar para o tema da violência doméstica. Foi sob o mote “Eu corro contra a violência doméstica que João Félix saiu, a 15 de julho, de Faro, e pela Estrada Nacional 2, para fazer a Volta a Portugal. 

“Vivemos numa sociedade extremamente violenta e isso tem se vindo a propagar, basta olhar para os números do ano passado, com o registo de várias mortes por violência doméstica”, referiu o sociólogo de profissão, natural de Salvaterra de Magos, Santarém, que diz ser necessário passar uma “mensagem de paz e tolerância em relação ao outro” e

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.