Domingo, 24 de Outubro de 2021
©DR

Eurocidade continua a trabalhar apesar do encerramento das fronteiras

O Gabinete de Apoio Técnico da Eurocidade Chaves-Verín continua as suas atividades laborais e as reuniões, apesar de as fronteiras entre Espanha e Portugal estarem fechadas desde meados de março.

-PUB-

No dia 16 realizou-se a 5ª reunião do Comité de Pilotagem do projeto Eurocidade 2020, aprovada pelo Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020, INTERREG V-A, com cofinanciamento do FEDER. Nesta reunião foram discutidas várias questões relacionadas à execução das atividades, planeamento para este ano, além da coordenação e gestão financeira do projeto.

Esta reunião foi realizada por videoconferência devido às circunstâncias atuais causadas pelo COVID-19, e foi coordenada pelo Gabinete de Apoio Técnico da Eurocidade Chaves – Verín, AECT, com a presença dos outros parceiros do projeto: Fundação Galiza Europa (FGE), Instituto Português do Desporto e Juventude, IP (IPDJ), Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ), Munícipio de Verín e Município de Chaves.

Desde a declaração do estado de emergência em Portugal e em Espanha, o Gabinete de Apoio Técnico da Eurocidade Chaves-Verín continua as suas funções através de teletrabalho planeando a agenda e em sintonia com os técnicos dos municípios que participam no desenvolvimento das atividades e que, na medida do possível, tentam manter os objetivos com que os projetos foram planeados, com a única alteração que as atividades não envolvam deslocamento ou concentração de pessoas.

O AECT participa em várias redes de cooperação europeia, como a Plataforma AECT do Comité das Regiões da UE, a Associação Europeia de Cidades Termais, a Rede Ibérica de Entidades Transfronteiriças ou a Comunidade da Galiza-Norte de Portugal, o que facilita que os técnicos estejam familiarizados com várias tecnologias e ferramentas de comunicação para coordenar recursos humanos e planificar  atividades. As plataformas de cooperação, os grupos de whatsapp ou as videoconferências são algumas das ferramentas com as quais a Eurocidade já estava familiarizada antes da crise do coronavírus.

O projeto EUROCIDADE 2020, aprovado em 2016, possui um orçamento de 1.775.405,15 € e foi prorrogado até 31 de dezembro de 2020. O projeto concentra-se nas seguitnes ações: reforço da cooperação institucional entre Chaves e Verín, apoiando os atores locais por meio de microiniciativas de cooperação entre os dois países; a expansão do espaço de ação territorial do AECT com a incorporação da Comunidade Intermunicipal do Alto Tâmega e da Comunidade de Verín; a organização de ciclos de atividades desportivas, culturais e educacionais que permitam alcançar uma Eurocidade mais inclusiva e participativa; coordenação da Rede de postos de turismo da Eurocidade; a colocação de elementos arquitetónicos de sinalização da Eurocidade, bem como a publicação de materiais informativos e promocionais sobre o destino, campanhas de marketing no exterior; apoio às empresas e PME do território na promoção e comercialização de serviços turísticos; lançamento de novos serviços no cartão de Eurocidadão abrangendo os municípios vizinhos da Eurocidade; a definição do Plano Estratégico urbano e integrado que permita definir as ações a serem desenvolvidas no território nos próximos 10 anos; reforçar os serviços disponíveis na sede da Eurocidade: Gabinete de Informação Juvenil Transfronteiriça, Sala de Ensaios, Sala de Conferências, Serviço Eures Transfronteiriço, Biblioteca Local e a criação de um Gabinete de Informação Turística de Fronteira.

 

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.