Sábado, 16 de Outubro de 2021

Eurocidade suspende transporte público transfronteiriço

A eurocidade Chaves-Verín decidiu hoje suspender por tempo indeterminado o transporte público transfronteiriço ocasional devido ao cancelamento de feiras e eventos nos dois municípios provocado pela pandemia de Covid-19.

-PUB-

A eurocidade justificou que o objetivo da medida é “minimizar contágios” nesta fase de propagação do novo coronavírus.

O Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) eurocidade Chaves-Verín retomou em fevereiro os transportes públicos transfronteiriços, depois de uma experiência piloto que decorreu entre agosto e dezembro.

O objetivo do projeto é disponibilizar ao eurocidadão um serviço gratuito de transporte ocasional nos dias de maior necessidade de mobilidade transfronteiriça, especificamente nos dias de feira das cidades de Chaves e Verín e nos dias de realização dos principais eventos dos dois municípios.

No entanto, por prevenção por causa da doença Covid-19 Chaves e Verín decidiram suspender a realização de feiras e eventos, o que levou também à paragem dos transportes públicos “até indicação contrária”.

O município de Chaves informou na quarta-feira que, “pese embora a inexistência de casos de infeção confirmados no concelho”, foram determinadas medidas preventivas, com efeitos imediatos e por tempo indeterminado, como a ativação do plano de contingência municipal e o adiamento de todas as iniciativas e eventos municipais.

A autarquia do distrito de Vila Real encerrou também todos os equipamentos municipais: pavilhão desportivo, piscina, pavilhão expoflávia, biblioteca e auditórios do Centro Cultural de Chaves e Luiz Coutinho.

Suspendeu ainda a realização da feira semanal e recomendou às freguesias e aos movimentos associativos que adiem a realização de eventos e iniciativas que envolvam concentração de pessoas.

Os serviços municipais continuam em funcionamento, contudo a câmara apelou aos munícipes para que os “procurem em situações essenciais ou inadiáveis, devendo ser privilegiado o contacto telefónico ou eletrónico”.

Por fim, apelou à população em geral que adote comportamentos responsáveis de acordo com as medidas decretadas pela Direção-Geral da Saúde.

Em Portugal, a DGS atualizou hoje o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (19), ao passar de 59 para 78, dos quais 69 estão internados.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.600 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 125 mil pessoas, com casos registados em cerca de 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 78 casos confirmados.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.