Segunda-feira, 4 de Julho de 2022

Festival Internacional de Música Tradicional volta a ser um sucesso

A música tradicional invadiu, no fim de semana, o concelho de Macedo de Cavaleiros, trazendo à memória outros tempos e viveres, aludindo a todo património musical e etnográfico, não apenas nacional, mas também internacional. 

O XVII Festival Internacional de Música Tradicional chegou, uma vez mais, a Terras de Cavaleiros, no Nordeste Transmontano, com artistas e músicos de vários países que, em prol da musica e cultura tradicionais, divertiram as centenas de pessoas que encheram o recinto da Praça das Eiras, em Macedo de Cavaleiros. 

Tratando-se da 17ª edição, o festival é já um certame muito conhecido e conceituado na região que permite não só dar a conhecer os vários grupos tradicionais nacionais, mas proporciona também “uma aculturação positiva e saudável” entre os vários povos com diferentes costumes e tradições que por ali passam. 

“O objetivo é proporcionar às pessoas outro tipo de músicas e sonoridades, aproximando, sobretudo, os mais jovens da

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.