Sábado, 17 de Abril de 2021

Forasteiros foram mais eficazes

Em jogo muito disputado, a Geração Talentos foi a primeira equipa a criar perigo, através de João Miguel, que obrigou Bruno Lopes a boa intervenção.

FUTEBOL AFVR INICIADOS

Apesar da tarde fria, o jogo estava interessante, com os jogadores das duas equipas à procura de golos. Aos 20’, Simão Mateus inaugurou o marcador, num golo fácil. Os locais foram à procura do empate, que alcançaram aos 34’, através de Fernando Martins, através de uma grande penalidade.
No segundo período, as formações entraram empenhadas em marcar mais vezes, mas apenas André o conseguiu aos 44’, após passe de Simão Mateus. Perto do final, a igualdade esteve à beira de acontecer, num lance em que os protestos do técnico da Diogo Cão acabaram por resultar num cartão vermelho.
A vitória dos visitantes acaba por se justificar.

 

Ficha de jogo

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

style="background:#eeeeee;border:1px solid #cccccc;padding:5px 10px;">Jogo no Complexo Desportivo da UTAD
Árbitro: Joana Sequeira
Auxiliares: Christian Rodrigues e João Freitas
DIOGO CÃO: Bruno Lopes; Alexandre Veiga, Diogo Pereira, António Gomes e Fernando Martins; Rúben Afonso, Vicente Martins e Afonso Costa; Vasco Outeiro, Gonçalo Veiga e Fábio Pereira
Suplentes utilizados: Bernardo Macedo, Tiago Costa e Rafael Alves
Treinador: Fábio Vieira/Guilherme Cardeiras
Capitão: Vicente Martins
GERAÇÃO TALENTOS: Rodrigo Correia; Fontinha, Beto, JP e João Cunha; João Miguel, Bessa e Rodrigo Pereira; Simão Mateus, Afonso e André
Suplentes utilizados: Jorge Miranda, Fernando, André Nogueira e Diogo Rodrigues
Treinador: Philip Marracho
Capitão: Beto
Ao intervalo: 1-1
Marcadores: Simão Mateus (20’), Fernando Martins (34’) e André (44’)

[/block]

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.