Domingo, 17 de Outubro de 2021
©DR

GDC Salto vence a Supertaça Distrital de Futsal Masculino da AFVR 2021

DIOGO CÃO 2 | SALTO 5

-PUB-

Depois de uma excelente segunda parte, os barrosões deram a volta a um marcador desfavorável e asseguraram o primeiro troféu da época para o concelho de Montalegre. A Escola Diogo Cão fez um grande jogo e caiu de pé.

Entrou melhor a equipa de Vila Real, com mais atitude e agressividade. A formação barrosã esteve bastante adormecida nos primeiros 7 minutos e a Escola Diogo Cão aproveitou para inaugurar o marcador logo no primeiro minuto – depois de um canto, e sem deixar cair a bola na quadra, Pedro Mourão faz um golo de belo efeito. Pouco depois, João Ribeiro aumenta a vantagem. A partir dos 7 minutos, o Salto equilibra e consegue chegar mais perto da baliza do experiente Octávio. No entanto, a Diogo Cão defendia bem e faltava alguma imaginação no ataque dos campeões distritais da A.F.Vila Real. O jogo foi intenso, com empenho total dos atletas e, por vezes, com algumas entradas à margem da lei. Ao intervalo 2-0. Na etapa complementar houve mais Salto. Nos primeiros instantes, Picarelli atira à barra. A seguir, o mesmo jogador atira ao poste e no ressalto Duarte Costa reduz para 1-2. Com melhor dinâmica ofensiva, o Salto empata por António Magalhães. À passagem do minuto 33 Pedro Esteves faz um golo de belo efeito e coloca – pela primeira vez – os barrosões na frente. A Diogo Cão arrisca, passa a jogar cinco para quatro, e o capitão saltense, Manuel Fechas, mata a final com o 4-2 e o definitivo 5-2. Vitória justa mas por números algo exagerados, diga-se. O Salto parece estar preparado para lutar pela permanência na 3ª divisão nacional do futsal português. Já a Diogo Cão perdeu dois jogadores importantes para o seu adversário da Supertaça -Picarelli e Bernardo Gomes –, todavia a equipa será competitiva, tal como sucedeu na época passada com os títulos de vice-campeão distrital e a Taça Distrital da A.F.Vila Real.

O técnico da Escola Diogo Cão, Rogério Teixeira, fala em dever cumprido: “Somos sempre uma equipa que deixa tudo em campo, a vitória voltou a sorrir para eles.” E lamenta-se: “Sofremos os dois primeiros golos de ressaltos.” Sobre o futuro, acrescenta: “O nosso campeonato distrital é sempre muito disputado, equilibrado, com várias equipas a lutar pelos lugares cimeiros.”

Já Renato Costa, novo técnico principal do Salto, fala em superioridade dos campeões distritais: ”Foi um jogo extremamente difícil, a Diogo Cão entrou melhor, conseguiu uma vantagem por dois golos. Fomos uma equipa que esteve por cima, sempre a lutar contra o resultado, a remar contra a maré, mas a bola custou a entrar. Conseguimos acertar e a cambalhota. A Diogo Cão foi muito organizada mas o Salto foi muito superior…”

 


FICHA DE JOGO

Pavilhão Doutor Francisco Gomes da Costa, em Vila Pouca de Aguiar

ARBITRAGEM: Pedro Campos, Luís Sousa e Vítor Santos. Cronometrista: Márcio Ribeiro da A.F. Vila Real Escola Diogo Cão

Escola Diogo Cão: Octávio, João Oliveira, Roberto Fernandes ©, Pedro Magalhães, Pedro Martins, Ivan, Raphael, Rogério Moreira, Pedro Silva, Hugo Sousa, Pedro Mourão, João Ribeiro
Treinador: Rogério Teixeira

GDC Salto: Marcelo Marques,  Bruno Lopes, Ricardo Pires, Virgílio Lopes, André Alves, Miguel Tomaz, Pedro Esteves, Duarte Costa, Manuel Fechas ©, Bernardo Gomes. António Magalhães, Pedro Carneiro, Bruno Freitas e Picarelli
Treinador: Renato Costa

AO INTERVALO: 2-0

Golos: Pedro Mourão (1), João Ribeiro (4), Duarte Costa (23), António Magalhães (31), Pedro Esteves (33) e Manuel Fechas (37 e 38)

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.