Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Grande confusão na conquista do título pelo Alves Roçadas

A equipa de Futsal de Iniciados do Alves Roçadas sagrou-se campeã distrital de Iniciados, depois de vencer o Colmeia por 4-1, no Pavilhão da Escola Morgado Mateus.

-PUB-

A uma jornada do final do campeonato, este jogo decidia o título, com os vila-realenses a mostrarem toda a sua capacidade e a levar a melhor sobre a formação vinda das terras do Barroso, que em caso de vitória seriam os campeões antecipados. No entanto, apesar do vasto apoio, a equipa não conseguiu superar um adversário que esteve muito concentrado no último terço do terreno e soube desferir os golpes certeiros no momento certo.

No final e do decorrer do jogo houve muita confusão, com os adeptos afetos ao Colmeia a arremessar objetos e garrafas de água ao árbitro do encontro. A confusão ficou instalada e teve de ser chamada a PSP ao local para serenar os ânimos. “Acho que o árbitro não teve influência no resultado, que é bem claro. No entanto, as pessoas de Montalegre não ficaram agradadas com a sua prestação e tentaram mesmo agredi-lo, mas a polícia chegou a tempo e acabou por acalmar as hostes. O juiz da partida teve mesmo de sair escoltado pelas autoridades”, referiu à VTM Manuel Guerra, presidente do Alves Roçadas.

Sobre a conquista do campeonato, o presidente estava obviamente satisfeito pelo feito alcançado pelos Iniciados e espera ainda conquistar mais títulos em outros escalões, pois o emblema tem dado cartas no futsal distrital. “É uma enorme satisfação este título e a prova que estamos a trabalhar bem. Ainda estamos esperançados em alcançar outros triunfos nos diversos escalões”, destacou o presidente.

Manuel Guerra dedica este título ao coordenador técnico do futsal, Renato Costa, “que tem feito um grande trabalho”, a todos os atletas, treinadores, dirigentes e amigos do clube.

O Alves Roçadas tem cerca de 90 atletas federados, desde os 5 anos até aos 17, que disputam todas as competições organizadas pela Associação de Futebol de Vila Real.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.