Segunda-feira, 15 de Agosto de 2022

Honoris Causa e “regresso

Sete anos depois de ter sido assinado o protocolo que deu o arranque ao projeto, o Parque de Ciência e Tecnologia vila-realense está finalmente construído e prestes a abrir as suas portas ao desenvolvimento dos setores vitivinícola, agroalimentar e da valorização ambiental

-PUB-

O dia 29 de maio vai ficar marcado na história do concelho com a realização dos primeiros eventos no espaço do Régia Douro Park, o polo de Vila Real do Parque de Ciência e Tecnologia (PC&T) de Trás-os-Montes e Alto Douro, um projeto orçado em nove milhões de euros e que tem gerado elevadas expectativas na região.

À hora de fecho desta edição o programa final ainda não tinha sido divulgado publicamente, no entanto, António Fontainhas Fernandes, reitor da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), adiantou já à VTM alguns pormenores dos eventos que estão a ser pensados.

Assim, durante a manhã, o Régia Douro Park vai ser palco da entrega de dois doutoramentos Honoris Causa. “Numa componente mais académica vamos ter dois Honoris Causa, um ao enólogo João Nicolau de Almeida e outro ao engenheiro Braga da Cruz, um representa o vinho, outro representa o território”, explicou.

No mesmo dia a academia vai realizar “um grande evento” que vai “reunir uma geração de enólogos criada na UTAD”, e que hoje trabalham em vários pontos do país, para um debate “à volta da ciência do vinho”. “Estamos a garantir a presença de um conjunto alargado de pessoas ligadas ao setor, mas também à indústria criativa, à indústria cultural. Vemos o vinho mas também tudo que anda à sua volta”, sublinhou o reitor.

Promovido pelo Município de Vila Real e pela Universidade, o Parque “terá múltiplas valências de suporte a empreendedores e aos seus projetos de negócio, apoio a empresários e à sua instalação empresarial e apoio à investigação, desenvolvimento e transferência de tecnologia nas áreas agroalimentar, agroindustrial, enologia, vitivinicultura e economia verde”.

Segundo a UTAD, o Régia Douro Park “agrega uma incubadora de empresas, polo de apoio a empreendedores com ideias de negócio e empresas em início de atividade, com predominância para as startup tecnológicas, e que oferecerá condições para o desenvolvimento das suas atividades em ambiente de co-working com fertilização cruzada de talentos e competências”.

O PC&T integra também o Douro Business Center, dedicado a empresas consolidadas (que oferecerá acesso a gabinetes de prestígio, salas de formação, salas de reunião multimédia, espaços de eventos e multiusos, num ambiente flexível e dinâmico de promoção empresarial) e o Centro de Excelência da Vinha e do Vinho, “um complexo laboratorial (equipado com a mais recente tecnologia) dinamizado pela UTAD e instituições parceiras, direcionado para a investigação, desenvolvimento e apoio às empresas nos setores da vitivinicultura, agroalimentar e ambiente, com âmbito de atuação nacional e internacional”.

Outra vertente do Régia Douro Park é o seu “parque empresarial”, um espaço composto por 26 lotes “para a instalação de empresas nos setores foco”.

Instalado junto à saída número 13 da A24, em Andrães-Vila Real (ao lado do Centro Escolar do Douro, que ainda está em obra), o Régia Douro Park representa o pólo de Vila Real do Parque de Ciência e Tecnologia de Trás-os-Montes e Alto Douro, um projeto responsável também pela criação Brigantia-Ecopark de Bragança.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.