Quinta-feira, 29 de Julho de 2021

Hospital D. Luiz I vai ser centro de rastreio de Covid-19

A Câmara do Peso da Régua vai instalar um centro de rastreio ao novo coronavírus no Hospital D. Luiz I, em articulação com um laboratório de análises clínicas privado.

-PUB-

A autarquia do distrito de Vila Real salientou, em comunicado, que o centro de rastreio estará pronto a funcionar no decorrer da próxima semana neste hospital que se encontra fechado desde 2016.

O município explicou que o “centro de rastreio permitirá a realização de testes diários, com a possibilidade de a capacidade inicial ser reforçada em função da evolução do contágio em Portugal e, muito particularmente, no território”.

“Os rastreios serão efetuados a pessoas suspeitas de serem portadoras do vírus, com referenciação médica e mediante marcação”, acrescentou.

A Câmara do Peso da Régua disse ainda ter apresentado esta intenção à Administração Regional de Saúde (ARS) Norte e ao Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Douro, para que “ambas as entidades possam ser parceiras” deste projeto que “garantirá maior rapidez na assistência, encaminhamento e tratamento das pessoas que possam estar infetadas neste território”.

Já na quarta-feira, a Câmara do Peso da Régua informou que estava a proceder à limpeza da unidade hospitalar para criar condições para acolher doentes e ajudar a combater a pandemia da covid-19.

Na altura, o presidente do município, José Manuel Gonçalves, referiu que o Hospital D. Luiz I “dispõe de condições higiénico-sanitárias que permitirão, em caso de necessidade, albergar e tratar um número significativo de pessoas”.

“Esperamos que o pior não aconteça, mas estaremos prontos para avançar e proteger todos aqueles que precisarem de nós”, frisou.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.