Terça-feira, 6 de Dezembro de 2022
No menu items!
0,00 EUR

Nenhum produto no carrinho.

Inertes da construção civil vão ser tratados em grandes contentores

Em grandes contentores   Um conjunto de contentores de grandes dimensões vai ser agora colocado em pontos nevrálgicos do concelho de Sabrosa, sendo destinados à recolha de inertes. Trata-se de uma medida de impacto ambiental que pode resolver os problemas dos resíduos derivados da construção civil que, por vezes, são clandestinamente amontoados. A iniciativa é […]

PUB

Em grandes contentores

 

Um conjunto de contentores de grandes dimensões vai ser agora colocado em pontos nevrálgicos do concelho de Sabrosa, sendo destinados à recolha de inertes. Trata-se de uma medida de impacto ambiental que pode resolver os problemas dos resíduos derivados da construção civil que, por vezes, são clandestinamente amontoados.

A iniciativa é da Câmara Municipal de Sabrosa, cujo Presidente, José Marques, realça a necessidade destes equipamentos: “É uma medida que devemos implementar e que vai tornar o concelho mais limpo, assim como a própria região”.

Para o futuro, o edil defendeu uma solução global, na recolha e tratamento de inertes da construção civil: “Faz falta, na região, uma unidade que faça a recolha e transformação deste género de resíduos. Daí ser necessária a construção de uma estrutura do género, para estes fins”.

De referir que, no concelho de Sabrosa, têm aparecido algumas montureiras, nas bermas das estradas, nomeadamente na parte sul do concelho, próximas de vinhas.

Os contentores a instalar também estarão aptos a receber os “monstros” (electrodomésticos em fim de vida).

Esta iniciativa deverá arrancar, até final deste ano.

 

Jmcardoso

PUB

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.