Sábado, 18 de Setembro de 2021

Jovem morre em acidente violento

-PUB-

O jovem vila-realense integrava a Tuna Académica da Universidade Lusíada do Porto e teve morte imediata, assim como o seu colega Nuno Espírito Santo, de 45 anos, que também não resistiu aos ferimentos graves provocados pela colisão com a viatura ligeira.

Segundo uma fonte da PSP, o acidente ocorreu durante a inversão do sentido de marcha de um carro, que circulava em direção à Areosa. “Durante a manobra para mudar de sentido, o carro colidiu com uma mota que seguia em direção a Matosinhos com dois homens, que morreram no local”.

A violência do choque projetou os dois ocupantes da mota em vários metros, com os corpos a serem levados pelos bombeiros para o Instituto de Medicina Legal.

No carro, que capotou na sequência da colisão, onde seguiam três ocupantes, que sofreram ferimentos ligeiros.

O alerta para o acidente foi dado às 23h56, para onde foram mobilizados vários operacionais e meios.

Elementos da PSP estiveram a recolher provas e estão a investigar as causas desta violenta colisão.

O corpo de Julien Patrício esteve em câmara ardente na casa do pais em Lordelo, seguindo para a Igreja Paroquial de Campeã, onde foi celebrada uma missa pela sua alma, vindo a ser sepultado na terça-feira, no cemitério da Campeã.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.