Quarta-feira, 6 de Julho de 2022

Jovem, preso inocentemente, pede uma indeminização ao Estado de 140 mil euros

Leandro Monteiro foi detido em 2014, na altura com 16 anos, após ter sido acusado de abusar sexualmente de dois rapazes numa instituição de acolhimento em Chaves. Leandro foi acusado de ter praticado esses crimes, na própria instituição onde residia, a duas crianças de 6 e 11 anos. 

Contudo, apesar das várias confissões que contradiziam os delitos, o jovem continuou preso durante quase 11 meses, tendo saído da prisão apenas quando o tribunal o absolveu pela falta de provas que comprovassem os crimes pelos quais foi acusado. 

Leandro esteve assim preso inocentemente, pelo que exige, atualmente, uma indeminização ao Estado no valor de 140 mil euros. No entanto, o valor poderá, ainda, aumentar, dado que não se conhece o quanto o jovem terá de despender em tratamentos psicológicos. 

Segundo um jornal nacional, Leandro Monteiro apresenta não apenas sequelas psicológicas pelo trauma que a situação lhe causou, como também se sente “muito revoltado com a acusação injusta” a que foi submetido. 

A ação judicial, intentada pelo advogado

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.