Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Jovens voltam a dinamizar a “Lectio Divina”

Com a chegada da Quaresma, a Diocese de Bragança-Miranda retoma as “Lectio Divinas” semanais, catequeses orantes da palavra presididas por D. José Cordeiro. 

-PUB-

Dinamizadas pelos jovens dos 4 arciprestados da Diocese, as catequeses terão lugar, este ano, às sextas-feiras à noite, pelas 21h00, no Santuário da Senhora das Graças, na cidade de Bragança.

A primeira “Lectio Divina” teve lugar no dia 28 de fevereiro. Como dinamizadores teve os membros do Secretariado diocesano da Pastoral Juvenil Vocacional.

A 6 de março, os alunos de Educação Moral, a Plataforma “Jovens sem Sofá” e os jovens do Seminário irão centrar-se no tema «Eu sou a ressurreição e a vida».

A 13 de março será a vez dos jovens e acólitos da Unidade Pastoral Senhora do Amparo (Mirandela) e dos jovens “INVOX” da Unidade Pastoral de S. José (Torre de Moncorvo). «O Mestre está aqui e chama-te» é o tema da catequese.

No dia em que chega a Primavera, a 20 de março, a “Lectio Divina” estará a cargo dos Jovens MIC (Marianos da Imaculada Conceição), dos jovens da vila de Torre Dona Chama (Unidade Pastoral Divino Espírito Santo); das jovens do Lar de S. Francisco (Casa de acolhimento do Centro Social Paroquial de Santo Condestável, em Bragança) e da TOV (Oficinas de Oração e Vida). «Jovem, Eu te ordeno, levanta-te!» será a reflexão da noite.

Na última sexta-feira de março, a celebração assente no tema «A vida eterna é esta: que te conheçam, o único Deus verdadeiro, e aquele que enviaste, Jesus Cristo» será da responsabilidade da Juventude Eucarística Franciscana, dos jovens de Miranda do Douro (Unidade Pastoral Santa Maria Maior), do Agrupamento XVIII do Corpo Nacional de Escutas e dos jovens da Fundação Casa de Trabalho – Patronato de Santo António, em Bragança.

Os movimentos da Mensagem de Fátima (Alfândega da Fé), Convívios Fraternos e Movimento Eucarístico Juvenil encerram a edição deste ano, a 3 de abril, com uma vibrante interpretação da frase bíblica «Fazei isto em memória de Mim» .

No final de cada catequese decorrerá um momento de convívio entre todos, nos claustros da Casa Episcopal.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.