Quarta-feira, 20 de Outubro de 2021

Mais 13 infetados com covid-19 na Unidade de Cuidados Continuados Integrados

No total são 21 utentes infetados com covid-19. A instituição espera os resultados dos testes realizados às funcionárias.  

-PUB-

Peso da Régua regista hoje mais 13 casos de contágio pelo covid-19, que foram confirmados nos utentes da Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) da Santa Casa da Misericórdia.

Nesta altura, “21 dos 26 utentes estão infetados pelo novo coronavírus, mas numa situação clínica estável, sem qualquer sintoma da doença”, adianta a autarquia em comunicado, adiantando que três testes de rastreio “são negativos e um é inconclusivo”. Ainda não são conhecidos os resultados aos testes efetuados aos funcionários desta Unidade.

A UCC da Santa Casa da Misericórdia registou, entretanto, um óbito que “não está relacionado com a infeção pelo covid-19”. De acordo com a informação disponibilizada até ao momento, o óbito, declarado numa unidade hospitalar, “está relacionado com o agravamento do quadro clínico do paciente, que se deteriorou ao longo dos últimos meses”.

Perante esta situação está a ser dado cumprimento ao Plano de Contingência da Unidade.
A avaliação do impacto do contágio pelo novo coronavírus na UCCI está a ser feita em articulação estreita pela Câmara do Peso da Régua com a Santa Casa da Misericórdia e as autoridades de saúde.
Estas entidades consideram ser “fundamental” acautelar as condições indispensáveis à permanência e tratamento dos utentes na Unidade de Cuidados Continuados, atendendo a que todos estão assintomáticos.

Dos utentes que a Unidade de Cuidados Continuados Integrados tem ao seu cuidado, cinco são do concelho do Peso da Régua. Os utentes infetados pelo covid-19 serão inscritos pela Direção-Geral de Saúde, no relatório diário, na morada de cada um, de acordo com o Registo Nacional de Utentes, o que levará ao desfasamento relativamente aos dados comunicados hoje pela Câmara Municipal, que “considera o número de infetados na globalidade, sem a especificação da sua morada de origem”, explica a autarquia em comunicado.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.