Quinta-feira, 6 de Maio de 2021

“Mentira para justificar incompetência”

Sociais democratas locais dizem que a auditoria serviu para “desinformar e confundir os flavienses”

O atual executivo da Câmara Municipal de Chaves, liderado por Nuno Vaz, apresentou publicamente as conclusões da auditoria financeira às contas do município, realizada pela empresa KPMG, que revela uma dívida total a terceiros de 41 milhões de euros, em dezembro de 2017, superior à registada pelo anterior executivo, de 38 milhões. 
Em comunicado enviado às redações, o PSD de Chaves diz que a apresentação do relatório da auditoria às contas do município “é reveladora do estado de desespero e negação próprios de quem ao fim de dois anos de mandato se sente incapaz de gerir os destinos do concelho”. 
Os socias-democratas questionam o atual executivo sobre o valor pago pela auditoria, que decorreu entre

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.