Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021
©Arquivo VTM

Ministra diz que está a ser estudado pedido de calamidade para o Vale da Vilariça

A ministra da Agricultura disse hoje que está a ser estudado e avaliado o pedido de declaração do estado de calamidade feito pelos produtores após a queda de granizo no Vale da Vilariça. 

-PUB-

“Neste momento, nós temos esse pedido a ser estudado, vamos avaliar para ver se efetivamente tem condições para isso mesmo”, afirmou Maria do Céu Albuquerque, que falava aos jornalistas em Vila Real, após uma visita à Associação de Criadores do Maronês.

No fim de semana, a queda de granizo provocou prejuízos em várias culturas agrícolas, como o pêssego, cereja, vinha ou hortícolas, no Vale da Vilariça, em Trás-os-Montes.

Fernando Brás, presidente da Associação de Regantes do Vale da Vilariça, disse à agência Lusa que a cultura de pêssego é a mais significativa no vale e a mais afetada, com cerca de 120 hectares de pomares próximos da perda total da produção e um prejuízo que pode ascender

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.