Segunda-feira, 15 de Agosto de 2022

Mirandela acolheu o Dia Diocesano da Juventude 2015

Felizes os puros de coração porque verão a Deus” (MT 5,8) foi o tema central do encontro dos jovens de toda a diocese de Bragança – Miranda com o seu Bispo.

-PUB-

Promovido pelo SDPJV, o Dia Diocesano da Juventude é uma grande celebração de Fé, que convoca a sociedade, a mergulhar no intrincado universo juvenil. Deste modo, no dia 25 de abril, dia da liberdade, cultura, festa, oração, missão, juventude, fé, encontro, marcaram o ritmo da cidade de Mirandela que este ano foi anfitriã desta efeméride.

Os lugares, sejam as cidades, vilas ou aldeias são o espaço privilegiado das redes de relações humanas, familiares, sociais e cristãs; são espaço de encontro de saberes aprendidos e ensinados, de proximidades e vizinhanças, de convivência entre gerações; aí devem conviver saudavelmente os nossos sonhos de futuro e a sabedoria, a memória e o exemplo dos nossos pais e avós. Espaços esses, onde percebemos como a fé dos Homens pode construir o belo, perenizar a força e a vontade de um povo.

É deste modo, que jovens de toda a diocese se (re)uniram em festa, num lugar de Encontro, para juntos, fazerem também a experiência do Encontro com Cristo, para O louvar, para O escutar, para O celebrar e para O receber na Eucaristia.

O acolhimento começou de manhã em diferentes pontos da cidade, onde os jovens tiveram oportunidade de descobrir a cidade, o seu património religioso e juntos descobrir os 4 evangelhos. No parque verde decorreu depois toda atividade que marcou o dia, desde a Eucaristia, a oração, a cultura: exposições, arte no desenho, música e poesia.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.