Sábado, 2 de Julho de 2022

Monte de São Sebastião, nova unidade de alojamento turístico no espaço rural

Com sete hectares de dimensão, quatro dos quais dedicados à vinha, a Quinta de São Sebastião traz ao sector turístico de Murça uma lufada de ar fresco, constituindo-se como a primeira unidade de Turismo em Espaço Rural, no Município.   “Queremos oferecer alojamento de qualidade e aumentar o tempo de estadia dos turistas, na região, […]

Com sete hectares de dimensão, quatro dos quais dedicados à vinha, a Quinta de São Sebastião traz ao sector turístico de Murça uma lufada de ar fresco, constituindo-se como a primeira unidade de Turismo em Espaço Rural, no Município.

 

“Queremos oferecer alojamento de qualidade e aumentar o tempo de estadia dos turistas, na região, que é o que o Douro precisa”, sublinhou José Luís Breia, um dos responsáveis pelo Monte de São Sebastião, uma “casa de habitação típica vinhateira”, localizada em Murça, e que, desde o dia 2, está já à disposição dos turistas.

Com quatro quartos duplos, a unidade de Turismo no Espaço Rural situa-se na Quinta de São Sebastião, um espaço de sete hectares, quatro dos quais dedicados ao cultivo da vinha e os restantes ocupados por olival, pomar e amendoal.

Com trinta anos de história, na família Breia, a casa, transformada em unidade hoteleira, nasceu como “projecto familiar” que começou a ser idealizado, há cerca de dez anos, mas que ganhou fôlego definitivo, em 2001, altura em que tiveram início as obras de recuperação da habitação que, num investimento de cerca de 380 mil euros, contou com a comparticipação financeira do PRIME, através do Sistema de Incentivo ao Turismo (SIFTUR).

Classificada pelo Instituto de Turismo de Portugal como “casa de habitação típica vinhateira”, a nova unidade pretende inserir os seus hóspedes no quotidiano da própria quinta, convidando-os a participar em actividades como as vindimas, a apanha da azeitona ou a manutenção das restantes culturas existentes nos seus sete hectares. Mas, como explicou José Luís Breia, o Monte de São Sebastião irá ainda disponibilizar “um vasto leque de outros programas, como passeios pedestres e BTT, na Serra da Garraia, percursos ao centro histórico de Murça e estrada romana, passeios de barco no rio Douro, entre outros”.

“Queremos dar uma forte componente enoturística”, continuou o mesmo responsável, adiantando que os preços para hospedagem nos quatro quartos existentes variam entre os 65 e os 70 euros, por noite.

“Os quartos estão equipados com aquecimento central, casa de banho privativa, televisão, telefone, internet e uma varanda com uma vista privilegiada sobre a vila de Murça, vinhedos e olivais da região do Douro”, avançou a mesma fonte, explicando que a casa oferece, ainda, um conjunto de espaços comuns, como “uma sala de estar, com lareira, um salão de jogos, uma biblioteca e piscina”, entre outros.

Para o próximo Dia dos Namorados, o Monte de São Sebastião está já a preparar um programa especial para os apaixonados, estando a ser trabalhados outros programas temáticos.

 

Maria Meireles

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.