Sexta-feira, 3 de Dezembro de 2021

Município com 10 mil euros para combater a vespa asiática

O município de Vila Real viu aprovada a candidatura a um apoio financeiro para a destruição dos ninhos da vespa velutina, usualmente conhecida por “vespa asiática”, no montante máximo de 10.000,00€ por beneficiário

-PUB-

É objetivo deste financiamento apoiar os municípios na tarefa de deteção e destruição dos ninhos e colónias de Vespa velutina, grande predador de abelhas autóctones e de outros insetos que, ao colocar em risco os recursos apícolas, surge como uma ameaça ao cumprimento, pelos espaços florestais, da imprescindível função ecológica e, por consequência, agrícola e económica, que é a polinização das plantas.

Nos últimos dois anos, a autarquia, através do seu Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC), tem vindo a auxiliar na resolução deste problema com recurso aos seus próprios recursos técnicos e logísticos. No entanto a deteção de ninhos tem aumentado significativamente, pelo que se torna fundamental o investimento neste tipo de luta com o objetivo de diminuir o número de colónias e os consequentes ataques.

No corrente ano já foram destruídos alguns ninhos primários pelo SMPC, solicitando-se assim a colaboração da população na sua identificação e comunicação, para que os trabalhos posteriores de destruição impeçam o nascimento de centenas de obreiras desta espécie. 

Esta comunicação poderá ser efetuada para a Câmara Municipal de Vila Real (Proteção Civil Municipal) ou ainda através da plataforma on-line “SOS VESPA”, localizações posteriormente validadas pelos Serviços Municipais de Proteção Civil (SMPC) da Câmara Municipal de Vila Real.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.