Quinta-feira, 5 de Agosto de 2021

Município cria Centro Interpretativo dedicado ao azeite duriense

O Município de Alijó vai avançar com a criação de um centro interpretativo designado “D’Olival ao Azeite D’Ouro”, em Castedo do Douro.

-PUB-

Este investimento ronda os 775 mil euros, comparticipado por fundos comunitários, e vai transformar uma antiga azenha num espaço de conhecimento, inovação e experimentação gastronómica de novos produtos relacionados com o Azeite.

O Presidente da Câmara Municipal, José Paredes, defende que os principais desígnios deste novo equipamento passam por “valorizar o Azeite do Douro como uma marca de excelência, colocando-o no centro da gastronomia duriense, bem como dar a conhecer o ciclo da produção do azeite e as suas tradicionais técnicas associadas”.

O espaço terá um restaurante de charme, que se irá distinguir pela inovação culinária e experimentação de novas técnicas de valorização do Azeite e do património gastronómico. Ali será possível experimentar novos pratos e novas utilizações do Azeite e subprodutos.

Integrará também um espaço de degustação de azeite, azeitona e outros produtos endógenos relacionados, que estará aberto aos produtores locais para ali poderem promover e mostrar os seus produtos. Além destes espaços, terá um centro permanente de exposição e conhecimento dedicado à produção do azeite no Concelho e no Alto Douro Vinhateiro.

O contrato de execução da empreitada foi assinado no início desta semana, seguindo-se agora a necessária análise pelo Tribunal de Contas para atribuição do visto indispensável ao início dos trabalhos, que terão um prazo de execução de 18 meses.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.