Sábado, 16 de Outubro de 2021

Município deliberou gratuitidade dos passes dos transportes públicos

Na passada segunda-feira, dia 10 de fevereiro, a Câmara Municipal de Vila Real deliberou os valores dos passes dos transportes públicos no concelho, para 2020.

-PUB-

Para este ano, o valor do passe mensal para a generalidade dos utilizadores será de 22€, um valor que deveria ser de 28,2€, mas que, fruto da aplicação do Programa de Apoio à Redução Tarifária nos transportes públicos, desceu significativamente.

O Município de Vila Real anunciou que pretende introduzir a gratuitidade dos passes para a generalidade dos alunos do ensino obrigatório. No ano passado, o município tinha decidido baixar o valor destes passes escolares em 50%, mas este ano decidiu isentar totalmente estes alunos e as suas famílias de custos com os passes.

A Câmara afirmou que “esta medida, para além de aliviar os orçamentos familiares, incentiva a utilização dos transportes públicos em Vila Real”, e acrescenta que “esta boa prática é muito importante para o ambiente e também para a mobilidade em espaço urbano. A adoção dos transportes públicos pelos alunos, evitando que as suas famílias os transportem de e para as escolas em viatura própria, poderá aliviar a pressão de transito que se sente em alguns horários”.

Esta expectativa é suportada pela evolução do número de utilizadores de passes nos transportes públicos de Vila Real no último ano.

Com a implementação do Programa de Apoio à Redução Tarifária, em maio de 2019, e face aos dados já disponíveis, aferiu-se que houve um aumento significativo da venda de passes mensais, tendo-se registado o maior aumento, em termos de unidades vendidas, durante o mês de novembro de 2019, com um acréscimo de 1113 passes relativamente ao período homólogo do ano anterior.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.