Quinta-feira, 5 de Agosto de 2021

Município reabre Parque Biológico e cemitérios da cidade

A partir de hoje, o Município de Lamego reabriu alguns espaços e serviços municipais, na sequência do fim do estado de emergência e à definição pelo Governo de um "plano gradual de desconfinamento".

-PUB-

O primeiro espaço a voltar a estar acessível ao público, com medidas restritivas, é o Parque Biológico da Serra das Meadas que abrirá as suas portas no horário normal de verão, entre as 10h e as 19 horas.
A retoma da prestação de serviços públicos também é alargada aos cemitérios da cidade de Lamego. O regresso à abertura diária destes locais passa a ser permitido a breves visitas de familiares e amigos já falecidos, entre as 10h e as 17h. É aconselhado o uso de máscara de proteção e a higienização das mãos e é obrigatório o respeito das regras de afastamento social. A realização de funerais continua a estar condicionada à inexistência de aglomeração de pessoas, sendo fixado um limite máximo de 20 presenças.
O levantamento gradual das medidas de confinamento, assegurando a reposição do funcionamento dos serviços municipais, abrange ainda o Mercado Municipal. Este local de referência na comercialização e abastecimento de produtos frescos funcionará de novo no horário normal, de segunda a sábado, entre as 7h30 e as 18 horas, de acordo com as normas e recomendações sanitárias em vigor. É obrigatório o uso de máscara para acesso ou permanência no interior para segurança de vendedores e consumidores. Também está prevista a realização de controlo de entrada à quinta-feira, dia de maior afluência e, caso seja necessário, também ao sábado.

Com a reabertura gradual destes espaços e serviços públicos, o Município de Lamego pretende incentivar a retoma económica e financeira do concelho, em condições que não prejudiquem a contenção do novo coronavírus.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.