Terça-feira, 16 de Agosto de 2022

Nova toponímia vai ser instalada

Vai arrancar o processo de colocação de novas placas toponímicas e números de polícia em S. Martinho de Anta e Paradela de Guiães. A União de Freguesias pretende concluir todo o processo até final de agosto. A intervenção está orçada em várias centenas de euros.

-PUB-

Depois de um levantamento feito ao nível das ruas, lugares, largos, avenidas e outros sítios, a União de Freguesia de S. Martinho de Anta e Paradela de Guiães vai avançar com a colocação de novas placas toponímicas e números de polícia. Segundo o presidente deste órgão autárquico, Luís Gonçalves, a atual não respondia às novas exigências. “O que está feito remonta ao trabalho da Junta de S. Martinho de Anta em 1985. A toponímia existente está desatualizada pois já foi colocada há 30 anos e as exigências agora são outras. Estamos a recolher toda a informação para fazer a atualização e julgo que em agosto as novos placas e números de ruas deverão estar colocados”.

Ao todo serão cerca de 50 placas toponímicas e centenas de números em metal para identificações domiciliárias. “Era uma intervenção necessária devido à entrega dos correios, sabendo-se hoje que o código postal obedece ao nome das ruas e à identificação do local”, acrescentou o edil.

De realçar que, no distrito de Vila Real, municípios, juntas e uniões de freguesia têm vindo a renovar a sua toponímia, o que não deixa de ser relevante também em termos turísticos, pois transmite mais informação e ajuda o próprio turista a identificar corretamente o local que visita.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.