Terça-feira, 11 de Maio de 2021

Obras inéditas mostram “Subjectum” de Nadir Afonso

Exposição é composta por 90 trabalhos, 34 deles inéditos e está inserida no programa das comemorações do centenário do pintor flaviense. Mostra estará patente até 29 de novembro no Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso.

Da curadoria de António Quadros Ferreira, “Nadir, Subjectum” tem “uma dimensão autobiográfica muito forte” e leva à compreensão da vasta obra do arquiteto, pintor e pensador que nasceu em Chaves há 100 anos. 

A exposição, inaugurada no museu com o seu nome, está dividida em três núcleos: estudos, guaches e telas onde está espelhado o processo criativo de Nadir Afonso e interliga a relação entre a geometria e figuração. “Neste projeto expositivo Nadir Afonso não é o pintor das cidades, nem do “espacilimités”, nem das composições geométricas, mas sim o pintor que faz a ponte entre as diferentes dimensões que ele percorreu ao longo da sua vida”, explicou o curador que caracterizou a mostra como inovadora

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.