Quinta-feira, 11 de Agosto de 2022

Obras no campo do Abambres já arrancaram

A reabilitação do Complexo Desportivo do Abambres, com pavimentação de relva sintética no campo de futebol de 11 e criação de novos balneários, já está no terreno.

-PUB-

Esta era uma carência há muito sentida pelo clube, que vê assim um velho anseio concretizado. “Não temos condições para a prática desportiva. Quando chove muito, então ainda é pior, com o campo a ficar cheio de lama, onde é difícil colocar a bola a rolar. Agora, com esta intervenção, iremos dar um salto qualitativo muito grande, que o clube também já merecia”, sustentou o presidente da coletividade, José Mourão.

Esta é uma forma de dar continuidade ao trabalho que o emblema tem vindo a desenvolver ao longo dos tempos.

O presidente já arranjou alojamento temporário para algumas equipas do clube e até ao final da semana espera ter encontrado solução para todos os escalões. “Os miúdos vão jogar em Benagouro, os seniores no campo do Calvário e ainda estamos a ver se conseguimos fazer alguns jogos em Sabrosa. Temos cerca de 300 atletas e é complicado gerir toda esta situação”.

A empreitada, no valor de 640 mil euros, terá a duração de quatro meses e contempla a criação de um novo edifício, de 400 metros quadrados, onde ficarão instalados os balneários, sala de enfermagem e da direção, assim como todos os serviços de apoio ao clube. O campo de futebol vai receber um piso novo de relva sintética, deixando assim de ser pelado.

Para breve, devem avançar também as obras no Calvário, orçadas em mais de meio milhão de euros, já que tudo está bem encaminhado depois da luz verde do Tribunal de Contas.

As obras em Abambres têm de estar concluídas até dia 20 de maio.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.