Quinta-feira, 5 de Agosto de 2021

Os maiores fãs de canais desportivos estão em Trás-os-Montes

Conclusão é do Estudo Anual do Hábito de Telecomunicações dos Portugueses elaborado pelo ComparaJá.pt.

-PUB-

O simulador nacional ComparaJá.pt, no âmbito de um estudo sobre telecomunicações, analisou os hábitos e preferências dos habitantes dos 18 distritos de Portugal continental e também das ilhas.

Os números indicam que os maiores fãs de canais desportivos estão no distrito de Vila Real, com 16,4% dos vila-realenses a escolherem canais especializados em desporto na hora de aderirem a um pacote de telecomunicações. O pódio fica completo com as regiões da Madeira (15%) e dos Açores (14,4%). No canto oposto surge o distrito da Guarda, com 6,4%.

O mesmo estudo revela que, no momento de escolher a tipologia de um pacote de telecomunicações, 42% dos habitantes do distrito de Vila Real escolhe o serviço 4P, que apenas exclui internet móvel. Esta modalidade é, aliás, a que adquire maior preponderância em todas as regiões do país.

Por outro lado, os vila-realenses são os que menos optam pelo pacote mais completo (5P). Apenas 13% da população escolhe esta modalidade, ao contrário dos Açores onde este serviço conquista 19% dos seus habitantes.

No que diz respeito ao telefone fixo, 18% dos vila-realenses considera que esta funcionalidade é fundamental na adesão qualquer tipo de serviço. Em sentido oposto está o distrito de Faro onde apenas 8% da população considera que o telefone fixo é muito importante. Ainda assim, mais de metade dos habitantes de Vila Real (57%) não demonstra qualquer interesse pelo uso do telefone fixo.

Relativamente à inclusão da internet num pacote de telecomunicações, os vila-realenses são os que revelam menos interesse, com 43% dos seus habitantes a mostrarem que esta funcionalidade tem pouca relevância. Neste campo, apenas 30% dos residentes no distrito considera que a internet é essencial.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.