Terça-feira, 18 de Janeiro de 2022

Pandemia e corrupção atacaram os dias do ano

Não se pode dizer que este ano tivesse sido pior que o anterior, mas não foi, também, muito melhor. O processo de vacinação contrariou o confinamento causado pela “Covid 19”, mas a variante “Ómicron” voltou a apanhar-nos de surpresa.

-PUB-

O que não nos surpreendeu foi a divulgação de atos corruptivos denunciados e investigados pela Justiça, que já levaram à prisão de alguns nomes conhecidos da política e do desporto.

Na Igreja, Francisco pediu perdão e que sejam desenvolvidas ações de denúncia e penalização da pedofilia e abusos sexuais, um pecado antigo dos clérigos que agora se torna mais visível e mediático. Outra questão preocupante é a das alterações climáticas e as agressões ao ambiente. Os países até reuniram, em grande estilo, na Convenção da ONU (COV 26), mas os resultados obtidos terão sido insatisfatórios.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

 

 

 

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.