Quinta-feira, 21 de Outubro de 2021

Portugal tem 344 mil desempregados inscritos no IEFP

Dados da PORDATA indicam que desde janeiro de 2019, nunca houve tanto desemprego no país.

-PUB-

Como forma de se associar às celebrações do Dia do Trabalhador, a PORDATA apresentou dados estatísticos recentes, relativos ao meses de março e abril.

No que diz respeito ao desemprego, Portugal tinha, no mês de março, 344 mil pessoas inscritas no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), o que representa um aumento de 3% em comparação com o período homólogo de 2019. A PORDATA vai mais longe e diz que "desde janeiro de 2019 que não havia tanto desemprego". 

Só no mês de março, o IEFP registou 53 mil inscrições, o que representa um "aumento de 34% face a março de 2019". Também neste campo, não havia tantos novos desempregados inscritos desde março de 2016, sendo que os trabalhadores do sexo masculilno são os que mais contribuíram para este aumento.

Quanto às empresas, a PORDATA, através de um inquérito feito pelo Instituto Nacional de Estatística do Banco de Portugal, revela que "16% das empresas fechou temporariamente e 1% definitivamente", devido à pandemia de Covid-19. Dos vários setores, mais de 80% dos estabelecimentos estão em funcionamento, com exceção do alojamento e restauração, onde apenas 41% das empresas se encontra a laborar. Neste útlimo setor, 5% das empresas fechou de vez.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.