Sábado, 25 de Maio de 2024
No menu items!

Preocupação com coberturas de amianto em edifícios do concelho

Miguel Rodrigues, vereador da Câmara Municipal de Alijó eleito pelo Movimento MAIS, denunciou que naquele concelho “subsistem ainda edifícios municipais, incluindo escolas, cujas coberturas de fibrocimento contêm amianto”.

-PUB-

O vereador levou o assunto à última reunião de Câmara, altura em que referiu especificamente os casos “da escola EB1 de Pegarinhos e do edifício do ex-MAP”, considerando que a situação “reforça as preocupações” no que diz respeito à questão do amianto, “uma fibra mineral natural extraída de certas rochas e que, até ao conhecimento dos seus riscos, devido à sua abundância na Natureza, ao seu baixo custo e sobretudo devido às suas qualidades foi largamente utilizado na indústria da construção civil”.

Confrontando o executivo com a situação, Miguel Rodrigues, recomendou que, “com caráter imediato, se proceda ao levantamento das situações de edifícios municipais com coberturas de fibrocimento, de modo a apurar o seu estado de conservação e, no caso de se encontrarem degradados com perigo para a saúde pública, serem tomadas as medidas necessárias para a sua remoção”.

O mesmo responsável político recordou, em comunicado, a lei de 2011 que “prevê a remoção de produtos que contêm fibras de amianto ainda presentes em edifícios, instalações e equipamentos públicos”. “Para cumprimento desta legislação, o Governo implementou em 2013 e 2014 um ‘Programa de Remoção Faseada das Coberturas de Fibrocimento das Escolas’, no âmbito do qual foram estabelecidos acordos de colaboração com diversas autarquias”.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS