Segunda-feira, 26 de Julho de 2021

Presidente da câmara satisfeito com reabertura de fronteira

O presidente da câmara de Miranda do Douro mostrou-se hoje satisfeito com o anúncio da reabertura de quatro fronteiras no norte com Espanha dada importância económica e social que estes pontos de passagem tem para o territórios.

-PUB-

"Há um reconhecimento dos governos de Espanha e Portugal para a importância geográfica da fronteira de Miranda do Douro já que as dificuldades económicas no território eram evidentes. Esta abertura da fronteira vem dar um novo folgo ao comércio local bem como permitir uma maior mobilidade dos trabalhadores transfronteiriços", concretizou à Lusa, Artur Nunes.

Para o autarca trasmontano, a decisão do governo de incluir a fronteira de Miranda do Douro nesta nova fase de desconfinamento é "uma boa notícia".

Segundo Artur Nunes, a abertura da fronteira aos transportes de mercadorias vai dar um novo alento as empresas de Miranda do Douro e do Planalto Mirandês, já que o mercado espanhol é uma das suas principais fontes de receita. Por outro lado, os trabalhadores fronteiriços deixam de ter de percorrer algumas centenas de quilómetros para chegar aos seus postos de trabalho.

"As precauções que autoridades estão a tomar nos nove pontos fronteiriços que estão abertos à circulação de mercadorias, serão, igualmente, aqui aplicadas pelas forças de segurança de ambos os países ibéricos", vincou o também presidente da Comunidade Intermunicipal Terras de Trás-os-Montes (CIM-TTM).

A reabertura da fronteira de Miranda do Douro (Bragança) e Torregamones (Espanha) está prevista para segunda-feira.

Para César João, presidente da Associação Comercial de Miranda Douro, esta decisão constitui um apoio ao comércio do concelho de Miranda do Douro e Planalto.

"Para nós é o princípio de um regresso a normalidade", vincou o responsável.

Portugal e Espanha acordaram a abertura de mais quatro pontos de passagem na fronteira, nomeadamente em Melgaço, Monção, Miranda do Douro e Vila Nova de Cerveira, anunciou hoje o Ministério da Administração Interna.

Nos dias úteis, entre as 7:00 e as 2:h00, passam a existir as seguintes novas passagens entre os dois países: em Melgaço, no Lugar do Peso, na Estrada Nacional 202; em Monção, na Avenida da Galiza, na Estrada Nacional 101; Miranda do Douro, ao km 86, na Estrada Nacional 218 e em Vila Nova de Cerveira, ao km 104, na Estrada Nacional 13.

Estes quatro novos pontos de passagem juntam-se assim aos que já tinham sido autorizados e que estão a funcionar em permanência: Valença, Vila Verde da Raia, Quintanilha, Vilar Formoso, Termas de Monfortinho, Marvão, Caia, Vila Verde de Ficalho e Castro Marim.

Além destes, tinham sido autorizados recentemente os pontos de Mourão, de Rio de Onor, de Tourém e de Barrancos.

Em comunicado, o MAI lembra que Portugal e Espanha vão manter até 30 de junho o controlo de pessoas nas fronteiras entre os dois países, no âmbito das medidas de combate à pandemia da doença covid-19.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.