Terça-feira, 17 de Maio de 2022

Profissões em risco de extinção: Os “últimos” latoeiros de Vila Real

A latoaria está em risco de desaparecer. Em Vila Real restam três latoeiros, uma profissão que já viveu tempos áureos.

Com a chegada do plástico tudo mudou e a arte de fazer almotolias, baldes, candeias, cântaros, funis, regadores, entre outras peças, perdeu o brilho, mas não esmoreceu o mais jovem latoeiro da cidade, Rui Santos, de 49 anos, que aprendeu com o pai (o seu mestre), a arte de transformar as folhas de lata em objetos úteis, que hoje são muito usados em decoração.

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.