Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021

Projeto de intercâmbio traz alunos galegos ao Agrupamento Diogo Cão

A turma do 6ºF do Agrupamento de Escolas Diogo Cão, vencedora do concurso municipal para um intercâmbio escolar com Santiago de Compostela, recebeu uma turma de um colégio da capital galega entre os dias 20 e 22 de março.

-PUB-

No primeiro dia, constaram o almoço e visita à escola, a apresentação de uma peça de teatro de sombras pela turma anfitriã, uma aula de Ciências da Natureza sobre suporte básico de vida, com a colaboração da equipa de enfermagem escolar do Centro de Saúde nº1 de Vila Real, jogos tradicionais no Parque Corgo, a receção oficial no salão Nobre da câmara municipal e um jantar no restaurante do Hotel Miracorgo. No final da refeição, o grupo coral de crianças e adultos do Agrupamento Diogo Cão realizou um espetáculo de boas vindas, interpretando 9 canções.

No segundo dia, o grupo de alunos e professores portugueses e galegos visitaram o centro histórico da cidade, incluindo os museus de Numismática e da Vila Velha, guiados pela diretora dos referidos museus. Depois de um almoço na escola, dirigiram-se ao Parque Natural do Alvão e, a terminar a tarde, ao Palácio de Mateus. O último dia da visita foi dedicado ao Douro, com uma passagem por S. Leonardo de Galafura e um passeio nas margens ribeirinhas da Régua.

Segundo o agrupamento vila-realense, o intercâmbio foi considerado por todos um enorme sucesso, fizeram-se novas amizades, romperam-se barreiras linguísticas, descobriram-.se interesses comuns e estreitaram-se os laços entre as duas cidades. Professores e alunos galegos despediram-se encantados com a cidade e a região, prometendo voltar com as respetivas famílias.

Nos próximos dias 6, 7 e 8 de maio vai ser a vez dos alunos, professores e técnico da câmara municipal portugueses envolvidos no projeto se deslocarem a Santiago de Compostela, para retribuírem a visita no âmbito deste projeto.

               

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.