Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024
No menu items!

PSP com programa de apoio a idosos

Chama-se “Programa Apoio 65 - Idosos em Segurança” é um programa especial de policiamento de proximidade, em que o objetivo passa por “garantir as condições de segurança e a tranquilidade das pessoas idosas”, assim como “promover o conhecimento do trabalho das Forças de Segurança” e ajudar a prevenir e a evitar situações de risco”.

-PUB-

Entre os muitos conselhos, a PSP apela para deixar as portas e as janelas sempre bem fechadas antes de sair e manter as entradas de casa e da garagem bem iluminadas à noite. Não guarde grandes quantias de dinheiro em sua casa e conheça os seus vizinhos e tenha sempre “à mão” os números de telefone para poder comunicar com alguém, principalmente com a polícia.

Na rua, evite andar sozinho, principalmente depois de escurecer e em locais isolados ou desertos e pouco iluminados. Não mostre objetos de valor e evite ter carteiras na mão ou no bolso traseiro das calças. Traga consigo moedas ou cartão para fazer um telefonema.

Nos transportes públicos, evite ficar sozinho nas estações de metro, de comboio ou em paragens de autocarros isoladas, especialmente à noite. Durante a viagem, mantenha a mala fechada e na frente do corpo.

BURLAS

Para evitar fraudes e burlas, a PSP lembra que quando é contactado por um vendedor (porta-a-porta, por telefone, por correspondência, pela internet ou outros meios tecnológicos), pode estar a correr um risco, por isso não confie em estranhos “bem-falantes” ou com aparentes boas intenções, nem forneça informações pessoais que ajudem o “burlão” a concretizar a sua fraude. Não permita que uma conversa de “aparente relacionamento profissional” se transforme numa conversa sobre a sua vida pessoal. Não acredite em ajudas fáceis vindas de estranhos. Não demonstre estar sozinho, mesmo que não esteja ninguém em casa, chame por um familiar próximo. Enquanto não receber o que lhe foi prometido, não envie qualquer quantia de dinheiro, especialmente a alguém que não conhece. Em caso de dúvida, nunca os deixe entrar em casa.

Já se for vítima de um crime, participe sempre a ocorrência à autoridade policial mais próxima.

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

VÍDEOS

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.