Domingo, 13 de Junho de 2021
©DR

Pulseira eletrónica para suspeito de violência doméstica

Homem de 48 anos foi detido na sequência de uma investigação do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Bragança.

-PUB-

O Comando Territorial de Bragança, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), no dia 4 de maio, deteve um homem de 48 anos por violência doméstica, no concelho de Miranda do Douro.

No seguimento de uma investigação por violência doméstica, os militares da Guarda apuraram que o suspeito infligia reiteradamente violência física e psicológica sobre a vítima, sua companheira de 48 anos, com quem esteve casado durante 28 anos. Após as diligências policiais, foi dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Miranda do Douro, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de proibição de se aproximar da vítima num raio de 500 metros e de a contactar por qualquer forma ou meio, controlado por pulseira eletrónica, e obrigação de abandonar a residência do casal.

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.