Quarta-feira, 17 de Agosto de 2022

Rafael Lobato com dupla vitória no Algarve

Rafael Lobato disputou na tarde de sábado a primeira corrida do fim de semana do Campeonato Nacional de Velocidade que decorreu no Autódromo Internacional do Algarve. Rafael Lobato, a fazer equipa com Armando Parente no Radical SR3 da Parkalgar, venceu a prova na categoria C3 dos Sport Protótipos, oitavo classificados à geral no final dos 50 minutos regulamentares.

-PUB-

A sair da oitava posição da grelha, primeiros na categoria, mas num circuito penalizador para o Radical SR3, Rafael Lobato sabia que a corrida não seria fácil. “Recuperei duas posições no arranque e ataquei o mais que pude no início. Procurei aguentar a posição mas foi impossível segurar os adversários com carros mais potentes. Tive que gradualmente ceder posições. Mas mantive o meu andamento e acabei por entregar o carro ao Armando no oitavo posto”, explicou.

Daí em diante a prova acabou por ser mais tranquila. “Não havia nada que o Armando pudesse fazer. Preocupámo-nos em assegurar a vitória na nossa categoria, que foi bastante importante”, concluiu o piloto de Vila Real, satisfeito com o desempenho ao longo de todo o dia.

No domingo disputou-se a segunda corrida e Rafael Lobato e Armando Parente, no Radical SR3 da Parkalgar, voltaram a subir ao lugar mais alto do pódio na jornada de Portimão do Nacional de Velocidade ao vencerem a categoria C3 dos Sport Protótipos, sextos à geral.

A sair da nona posição da grelha, coube a Parente o arranque que acabou por correr bem, uma vez que conseguiu evitar os incidentes habituais das largadas e subiu posições na tabela. Viria no entanto a ser penalizado por alegadamente ter excedido os limites da pista. Ainda assim, no final do primeiro turno eram sétimos classificados quando Lobato se sentou aos comandos: “Depois do início da prova em que o Armando atacou bastante, eu preocupei-me em gerir os pneus que estavam a degradar-se bastante. No final ainda ataquei por forma a chegar ao quinto lugar, mas nas zonas rápidas era facilmente ultrapassado. Sabíamos que neste circuito teríamos muitas dificuldades em batermo-nos com os carros mais potentes. Fica no entanto a satisfação de termos feito duas excelentes corridas. E o sexto lugar deixou-nos muito contentes”, disse o jovem piloto de Vila Real.

Em ano de estreia na modalidade e com apenas 16 anos, Rafael Lobato não poderia estar mais satisfeito com o decorrer da época. “Temos vencido na nossa categoria, temos feito boas corridas e sempre na luta com os carros mais potentes e com pilotos muito experientes. Tenho aprendido imenso. Está a ser um ano fabuloso. Os resultados estão a superar as expectativas iniciais”, concluiu o piloto.

Os resultados finais podem ser consultados em www.racingweekend.com.pt

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.