Quinta-feira, 29 de Julho de 2021

Reabertura marcada pelo receio dos clientes

Restaurantes, cafés e outros espaços comerciais abriram esta segunda feira, na segunda fase de desconfinamento, mas a procura ainda está aquém daquilo que era esperado.

-PUB-

Há dois meses que Sílvia Trinta tinha os seus dois espaços comerciais, uma pastelaria e um restaurante, encerrados. Com 20 funcionários, e ainda sem ter recebido o dinheiro do lay-off, suportou até então todos os compromissos com as duas casas que reabriram nesta segunda fase de desconfinamento. 

“Reabrimos sim, com todas as condições impostas, mas com pouquíssimos clientes. Acho que as pessoas ainda têm muito medo”, referiu. Apesar do medo, há um ou outro que vai aparecendo e sentando-se na esplanada da pastelaria Mister Doce para “matar saudades” do café, tal como Justina André, que durante os dois meses em que esteve confinada em casa, fez-lhe falta tomar café. “Todos os dias, antes de ir trabalhar,

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.