Quinta-feira, 7 de Julho de 2022

Região com unidade industrial de cogumelos

Está a ser construída, na zona industrial de Constantim, uma unidade destinada à recepção e transformação de cogumelos de Trás-os-Montes. Esta fábrica pertence à empresa “Sousacamp” e pode vir a dar trabalho, directamente e indirectamente, a cerca de 350 pessoas. Será, assim, uma das maiores empregadoras do distrito de Vila Real, representando uma oportunidade de […]

Está a ser construída, na zona industrial de Constantim, uma unidade destinada à recepção e transformação de cogumelos de Trás-os-Montes. Esta fábrica pertence à empresa “Sousacamp” e pode vir a dar trabalho, directamente e indirectamente, a cerca de 350 pessoas. Será, assim, uma das maiores empregadoras do distrito de Vila Real, representando uma oportunidade de emprego, para muitas pessoas.

O projecto é ambicioso e de grande importância para uma das mais valias naturais que Trás-os-Montes possui: os cogumelos. Já em obras, o projecto de arquitectura é da BCA – Bruno Cardoso Arquitectos, gabinete sedeado em Vila Real e fundado em 2005. Tem como principal actividade os estudos e projectos de arquitectura e urbanismo e já uma experiência reconhecida.

A situação desta fábrica, próxima do Aeródromo, não aconteceu por acaso. Ao que apurámos, no horizonte da empresa está a possibilidade de utilização do Aeródromo de Vila Real para a exportação e distribuição nacional dos seus produtos.

A “Sousacamp” é uma das empresas que “pegou de estaca”, em Trás-os-Montes. Foi criada em 1989. Possui uma unidade de produção e comercialização de cogumelos e composto orgânico, em Belhevai (Vila Flor). Produz cogumelos silvestres, brancos e castanhos, pré-embalados e avulsos. Comercializa, igualmente, cogumelos congelados e desidratados. Vende, também, azeitonas e castanhas, oriundas de Trás-os- -Montes. Os cogumelos frescos são outra das apostas da empresa que é líder no mercado nacional e uma das maiores no contexto europeu.

Recentemente, vieram a lume receios de que o traçado da futura A4, a construir entre Vila Real e Bragança, poderia pôr em causa a unidade industrial de cogumelos. Contudo, este temor acabou por não se confirmar.

 

Jmcardoso

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.