Quinta-feira, 21 de Outubro de 2021

Regras para circular nas principais artérias da vila

O município de Torre de Moncorvo implementou regras para a circulação pedonal em algumas ruas da sede de concelho. Para isso foram colocadas marcas que indicam qual o sentido em que se deve circular ou qual a distância a manter. 

-PUB-

"Colocámos setas indicadoras pintadas a verde e a vermelho, linhas de espera junto dos estabelecimentos comerciais de acordo com o devido distanciamento, assim como placas de fila única", explicou a autarquia, em comunicado.

O município de Torre de Moncorvo aconselha os cidadãos a circularem sempre no passeio do lado esquerdo, atento o sentido da marcha, deixando livre a zona mais à esquerda, para zonas de espera dos estabelecimentos de comércio e serviços para evitara propagação do novo coronavírus.

As pessoas, ao aproximarem-se aos estabelecimentos de comércio e serviços, "devem encostar-se mais à esquerda e esperar a sua vez para entrar", para aceder àqueles espaços "e sempre no lado oposto do sentido da marcha".

"Os cidadãos deverão atravessar a via na passadeira, depois de passar o estabelecimento onde pretendem ir e, ao aproximar-se do estabelecimento, os cidadãos devem encostar mais à esquerda e esperar a sua vez para entrar", indica a mesma nota.

Para manter a população informada, a autarquia criou um folheto com todas as indicações que está a ser distribuído pela população em função das regras, para evitar a infeção pela covid-19.

A iniciativa surge devido à possibilidade de reativação gradual, faseada, alternada e diferenciada de serviços, empresas e estabelecimentos, caminhando-se para o regresso progressivo dos moncorvenses à normalidade das suas vidas.

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.