Domingo, 19 de Setembro de 2021

Rota dos Frescos do Sabor quer contar a história de Trás-os-Montes

A ideia está lançada e passa por criar a Rota dos Frescos do Sabor, um projeto que conta com a participação de quatro municípios (Alfândega da Fé, Macedo de Cavaleiros, Mogadouro e Torre de Moncorvo).

-PUB-

A Associação de Municípios do Sabor vai avançar com a candidatura a fundos comunitários para concretizar o projeto, que, nesta primeira fase, conta com 17 igrejas e capelas para serem intervencionadas nos quatro concelhos. O investimento previsto é de 1,5 milhões de euros, sendo que há templos que já se encontram recuperados, como a Ermida de Santo Amaro (Legoinha), o Santuário de Santo Antão da Barca (Parada), os dois no concelho de Alfândega da Fé ou a Igreja de Torre de Moncorvo.

A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, ficou a conhecer o projeto, que ainda está numa fase embrionária, no entanto já deixou algumas ideias que trarão “inovação” à rota, como a criação

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.