Segunda-feira, 15 de Agosto de 2022

Secretário de Estado quer “espicaçar” associações desportivas

Há mais verbas disponíveis mas as associações do interior não têm apresentado candidaturas

-PUB-

O secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, visitou associações desportivas do distrito de Vila Real no sentido de as “espicaçar” para apresentarem candidaturas aos programas de voluntariado e mobilidade europeia, como o Eramus+, do Juventude em Ação, em que há um reforço significativo do orçamento. “Passamos de 24 para 42 milhões neste ciclo comunitário, mas ainda não recebemos candidaturas do distrito de Vila Real. Era muito importante envolver os jovens nestas iniciativas porque são um passo em frente no sentido da internacionalização. Tem também um peso económico assinalável”, sublinhou Emídio Guerreiro.

O governante afirmou as associações RENAJ aumentaram quase 20 por cento no distrito, passando de 40 para 47, mas é preciso ir mais longe. “Os nossos jovens são muito ativos e este roteiro do associativismo também tem o objetivo de sensibilizar os jovens para a participação organizada para assim acederem com mais facilidade ao financiamento”.

Em três anos, as associações RENAJ do distrito receberam cerca de 340 mil euros, o que dá um apoio anual regular na ordem dos 112 mil. No entanto, há mais apoio disponível já que as “gorduras foram eliminadas”, sendo que dos 72,6 milhões de euros de orçamento global, só 30 por cento são consumidos na estrutura, o que significa que ficam 70 por cento para as associações juvenis e desportivas. “Isto quer dizer que com um orçamento mais pequeno conseguimos ter programas que tinham sido suspensos pelo anterior governo, como campos de férias internacionais, ATL’s, e em 2015 vamos ter um reforço para esses programas na casa dos 30 por cento. O orçamento global é menor mas aquilo que é dado às associações é maior”, reforçou Emídio Guerreiro.

Os distritos do interior não têm aproveitado os programas, por isso o governo decidiu dar uma majoração às candidaturas vindas de associações localizadas no interior e aquelas que se candidatam pela primeira vez. “Esperamos que o interior apareça com iniciativas”, finalizou o membro do executivo.

Esta visita do secretário de Estado surge no âmbito do Roteiro do Associativismo, projeto do Instituto Português do Desporto e Juventude representando uma parceria com as plataformas de representação do Associativismo Jovem, Conselho Nacional de Juventude e Federação Nacional de Associações Juvenis.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

COMENTAR FACEBOOK

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.