Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021

SEF confirma entrada ilegal de viatura com três pessoas pela fronteira

Uma viatura com três pessoas entrou ilegalmente em território nacional pela fronteira de Chaves na madrugada de sábado e continua em fuga, confirmou hoje à Lusa fonte do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

-PUB-

A informação foi avançada ao início da noite pelo semanário Expresso, que adiantou na sua página da internet que se trataria de um carro de alta cilindrada que desrespeitou a ordem de paragem e acelerou subitamente, tentando atropelar os elementos do SEF e da GNR presentes em Vila Verde da Raia, em Chaves.

“A viatura está em fuga, não houve identificação da matrícula. Nesta altura estamos a tentar seguir o rasto. A matrícula não estava visível e não havia matrícula traseira na viatura”, revelou fonte do SEF, acrescentando que a situação teve lugar pouco depois das 03:00 de sábado e que “estavam dois inspetores” no local.

Contactada pela Lusa, fonte do Comando da GNR de Vila Real confirmou a passagem ilegal e que as patrulhas tentaram intercetar a viatura, remetendo mais informações para o SEF.

Segundo o Expresso, as autoridades francesas alertaram a polícia espanhola no dia 04 de junho, quinta-feira, de que estavam em fuga três pessoas consideradas perigosas, e que o Centro de Cooperação Policial de Castro Marim/Ayamonte transmitiu a informação às autoridades portuguesas.

De acordo com o SEF, as autoridades fronteiriças portuguesas já estariam a par dessa informação quando se deu a entrada ilegal em território nacional, mas assumiu que a possibilidade de se tratar das mesmas pessoas que as do alerta emitido por França ainda “é só uma suspeita” neste momento.

“Estamos a usar nas fronteiras terrestres uma aplicação, chamada SEFmobile, que em quatro ou cinco segundos consegue correr todas as bases de dados europeias para confirmar se, de facto, o cidadão que está a ser controlado tem algum alerta no sistema ou se tem a ficha limpa. É imediato. Se as autoridades francesas metem no sistema informático, fica o alerta imediatamente ativo”, explicou fonte do SEF à Lusa.

O controlo das fronteiras terrestres com Espanha está a ser feito desde as 23:00 do dia 16 de março em nove pontos de passagem autorizada devido à pandemia de covid-19.

A reabertura das fronteiras entre Portugal e Espanha está prevista para 1 de julho.

 

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

A Imprensa livre é um dos pilares da democracia

Nota da Administração do Jornal A Voz de Trás-os-Montes

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.