Sexta-feira, 22 de Outubro de 2021

Sousacamp quer dispensar cerca de 90 trabalhadores

A maior empresa de cogumelos do país está em processo de insolvência. Trabalhadores da unidade de Paredes são os mais afetados.

-PUB-

Foi de forma ruidosa que dezenas de trabalhadores da Sousacamp se mostraram descontentes com o facto de a empresa ter anunciado vários despedimentos. 

O protesto aconteceu à porta do tribunal de Vila Flor, onde estava previsto acontecer uma assembleia de credores, e teve o apoio do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal (SINTAB), que fala em “tratamento intimidatório”.

“Meia dúzia de trabalhadores já aceitou a rescisão, uns porque já tensionavam deixar a empresa, outros devido ao ambiente intimidatório que se vive na empresa”, explicou José Eduardo Andrade, dirigente do SINTAB, acrescentando que “houve trabalhadores que foram postos de parte, a trabalhar ao frio, sem condições”.

A Sousacamp está a

Artigo exclusivo PREMIUM

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é PREMIUM,
Aceda à sua conta em

-PUB-

APOIE O NOSSO TRABALHO. APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.