Domingo, 13 de Junho de 2021

Surto no Lar de Malhadas foi dado como sanado

O surto de covid-19 que afetou o lar de Malhadas, em Miranda do Douro, infetando 42 utentes e 18 colaboradores, provocando a morte a um idoso, foi dado como sanado, indicou hoje a direção do lar.

-PUB-

"Todos os utentes, 41 no total, e 17 funcionários estão curados da infeção provocada pelo novo coronavírus. Temos a lamentar a morte de um utente de 85 anos que tinha outras patologias associadas", explicou à Lusa Sónia Neto, diretora do lar particular Casa de Repouso Livro de Memórias.

De acordo com a responsável, há ainda uma funcionária em fase de recuperação no domicílio e que apresenta "sintomas ligeiros" para a infeção provocada pelo SARS-CoV-2.

"Numa primeira fase, 41 pessoas [um total de 26 utentes e 15 funcionários] foram testadas pela Saúde Pública e 25 utentes e oito colaboradores deram positivo para a covid-19", indicou Sónia Neto.

Ainda de acordo com a responsável, uma semana depois foram efetuados novos testes, registando-se mais um utente que testou positivo.

No caso dos funcionários houve mais três que testaram positivo para o novo coronavírus.

O primeiro caso foi detetado neste lar partilhar do distrito de Bragança a 17 de novembro.

A diretora do Lar disse que o processo de desinfeção foi feito sob a orientação da Proteção Civil Municipal de Miranda do Douro, através dos bombeiros de Miranda do Douro.

 

 

APOIE O NOSSO TRABALHO.
APOIE O JORNALISMO DE PROXIMIDADE.

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo regional e de proximidade. O acesso à maioria das notícias da VTM (ainda) é livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta A Voz de Trás-os-Montes e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente e de proximidade, mas não só. É continuar a informar apesar de todas as contingências do confinamento, sem termos parado um único dia.

Contribua com um donativo!

Mais lidas

ÚLTIMAS

Subscreva a newsletter

Para estar atualizado(a) com as notícias mais relevantes da região.